Tratado de Schengen e suas exigências

O tratado de Schengen é sobre o acordo assinado por 26 países europeus onde o livre trânsito de seus cidadãos é estabelecido entre um país e outro. Cite seu seguro Schengen aqui.

A assinatura ocorreu em uma pequena cidade no Luxemburgo conhecido como Schengen, daí o tributo com o seu nome, embora as pessoas possam circular livremente pelos países que compõem tanto deve cumprir alguma exigência adicional: Uma política internacional, com cobertura médica

Por esta razão, é essencial ter em mãos um seguro de viagem para apoiá-lo se o seu destino é a Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Países Baixos, Polónia, Portugal, República Checa, Suécia ou Suíça.

Muito importante que a seguradora, que deve ter ramo contrato firme no país do espaço Schengen e deve ter cobertura mínima de 30.000 euros para despesas de saúde e repatriação funeral em caso de doença ou acidentes. A duração da cobertura será de acordo com o tempo da sua estadia no local.

Você também tem planos para perda de bagagem, cancelamento, pré-existência, trabalho e viagens e esportes radicais, bem como cobertura de responsabilidade caso você precise de apoio legal na Europa.

Visto Schengen

Para obter o visto Schengen, os cidadãos devem consignar as seguintes precauções às embaixadas de qualquer um dos 26 países:

  • Formulário de inscrição Visto Schengen (preenchido).
  • Passaporte e documento de identidade válidos (DNI).
  • 2 fotos de fundo branco (3,5 x 4,5 cm)
  • Seguro de viagem: cobertura mínima de 30.000 euros (doença, acidente, repatriamento de despesas administrativas).
  • Bilhetes de avião ou barco.
  • Demonstrações financeiras que demonstram a solvência econômica do requerente.

Se você viajar para a União Européia por motivos comerciais ou de estudo, deverá enviar uma carta de convite assinada e carimbada pela instituição ou empresa que fez a solicitação, explicando detalhadamente o motivo e o tempo de permanência.

Exemplos de requisitos para entrar em alguns países:

– REQUISITOS PARA ENTRAR NA FRANÇA COMO TURISTA

Nos termos do Acordo de Isenção de Visto Turístico vigente entre Argentina e França, os cidadãos argentinos titulares de passaporte comum não necessitam de visto para entrar na França para fins turísticos, para estadias que não excedam 90 dias (dentro de um período de 180 dias). dias corridos). Este período é aplicável a todo o espaço Schengen.

A isenção de visto não isenta da verificação de imigração realizada no ponto de entrada na França, onde o cidadão argentino deve provar seu status como turista. Para este propósito, você deve ter a seguinte documentação no momento da sua entrada na França:

Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *